Espanhol Português

Casos de Sucesso de Excelência 360˚

Posted |


Casos de Sucesso de Excelência 360˚

Aglomerados Cotopaxi S.A – ACOSA (Equador)

“Já no primeiro ano implementando a Excelência 360˚ da Qualiplus, nós obtivemos um retorno de 7:1 sobre o investimento e um aumento na margem bruta de 40%.”

“A Aglomerados Cotopaxi S.A. é líder na manufatura de chapas de MDF e aglomerados no Equador desde 1978, exportando seus produtos para vários países. Em 2004, a ACOSA já havia implementado vários projetos na área de qualidade, incluindo ISO 9000, com resultados limitados. Então, a empresa achou necessário buscar métodos de melhoria sistêmica mais avançados. Sendo assim, escolhemos implementar o modelo Excelência 360˚.

O primeiro passo foi construir a Árvore da Realidade Atual com o intuito de identificar claramente os pontos de melhoria (restrições do negócio) nos quais a empresa deveria concentrar seus esforços. Isso ajudou a definir o primeiro projeto de melhoria de Six Sigma, que propunha um aumento da capacidade produtiva da fábrica. No momento em que concebemos a Ideologia Empresarial da ACOSA (Know-Why), uma clara visão foi estabelecida; também identificamos a necessidade de implementar Gestão por Processos com o objetivo de quebrar a falta de coordenação e comunicação entre os departamentos; também precisávamos simplificar o nosso “Sistema de Gestão Integrada (SIG)”, que naquele momento estava muito burocrático e difícil de usar. Um dos quatro projetos de melhoria de Six Sigma da primeira fase obteve muito êxito, pois permitiu quebrar a restrição da companhia através da otimização dos parâmetros da máquina que aplica os revestimentos às chapas de MDF. A subseqüente redução na duração do ciclo quebrou um paradigma técnico que persistia por 25 anos; e nós obtivemos níveis recordes de produtividade (e vendas). Desde que a restrição original foi quebrada, novas restrições apareceram em outros processos. Todas elas já foram resolvidas com uma “segunda onda” de projetos de melhoria de Six Sigma, que obtiveram resultados muito expressivos, já que foi possível aumentar ainda mais a capacidade produtiva, sem nenhum investimento.

No ano seguinte, uma nova Árvore da Realidade Atual revelou uma necessidade profunda de entender as necessidades de nossos clientes, então uma pesquisa da Voz do Cliente (VOC – Voice of Customer) foi feita, cujos resultados identificaram claramente uma necessidade de redução do lead-time, resultando numa resposta mais rápida ao mercado.

Então, uma “terceira onda” de projetos de melhoria foi definida usando o método e as ferramentas do Lean, com o intuito de melhorar nossa logística de produção, com uma radical mudança de “produção-por-previsão” para reposição de estoque de acordo com o “pull” do consumidor. O lead time caiu significativamente, assim como os níveis de estoque, com uma melhoria da disponibilidade do produto.

Atualmente, temos a Gestão por Processos totalmente implementada e esta é a base para todas as iniciativas de projetos de melhoria que desenvolvemos na ACOSA. Nós padronizamos o uso do “Thinking Process” da TOC para identificar as restrições da fábrica e igualmente para efetuar o planejamento estratégico. As histórias de sucesso são numerosas e bem consistentes; isso tem sido evidenciado através do aumento da satisfação do cliente ano após ano. Em termos de impacto econômico, já no primeiro ano implementando esse método de melhoria sistêmica, nós obtivemos um retorno de 7:1 sobre o investimento e um aumento na margem bruta de 40%. Em suma, o modelo Excelência 360˚ tem acelerado nosso crescimento organizacional por meio de projetos de melhoria de alto impacto, com resultados tangíveis para todos os stakeholders”.

Byron Solano

Gerente de desenvolvimento organizacional

Aglomerados Cotopaxi S.A.